Hospital de Campanha do Estado é fechado em Petrolina: “Queda nas taxas de ocupação”

O Hospital de Campanha do Governo do Estado foi desativado em Petrolina (PE). A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco tomou a decisão após a permanente queda nas taxas de ocupação em Petrolina. Os indicadores do serviço, que estava com média de 15,5% de ocupação, não justificavam a prorrogação do contrato, que se encerrou no começo do mês.

 

VEJA OS NÚMEROS ATUALIZADOS DA COVID-19 EM PETROLINA E JUAZEIRO

 

Segundo o governo de PE, o monitoramento do cenário epidemiológico e dos indicadores da Covid-19 em todo o Estado, e também na IV macrorregião, continua sendo feito diariamente e o Governo de Pernambuco e tem condições de voltar a desbloquear leitos voltados exclusivamente para pacientes com a Covid-19 no Sertão do São Francisco, caso haja necessidade. Inclusive, na última quinta-feira (12.11), a SES-PE anunciou a reconversão de 107 leitos no Recife ao longo dos próximos dias. Até agora, 103 leitos já foram desbloqueados.

 

Ainda de acordo com a secretaria, nos últimos meses, com a redução da demanda e para evitar a ociosidade nas vagas da rede pública, mais de 1.500 leitos foram bloqueados em Pernambuco. Estas readequações foram feitas respeitando um nível de segurança e contribuíram para a assistência integral à saúde da população pernambucana.

Compartilhar agora
X