Efeito sanfona é prejudicial ao organismo; saiba como evitá-lo

Sabe o temido efeito sanfona, bastante temido por quem está fazendo dieta? Ele pode trazer uma série de impactos negativos ao corpo humano, conforme um estudo do Journal of Clinical Endocrinology e Metabolism, publicação médica da Universidade de Oxford, do Reino Unido. O efeito sanfona pode aumentar significativamente a atividade inflamatória em todo o organismo e pode desencadear o surgimento de doenças como a diabetes e as alterações cardiovasculares.

 

A Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso) explica que esse efeito ocorre basicamente quando o indivíduo opta por um novo estilo de vida muito diferente do que possuía anteriormente, sem planejamento para sustentar esse novo padrão. Então, quando o paciente opta por uma transformação radical sem a baliza técnica de um médico, o corpo pode não compreender o que está havendo e se defender, criando um estado constante de alerta. Então, como evitá-lo?

 

A dica é apostar na reeducação alimentar, com reposição hormonal e de vitaminas. Lembre-se que os programas de emagrecimento devem ser adaptados ao estilo de vida e às condições de saúde de cada pessoa, logo, os projetos sem auxílio de profissionais que não se sustentam com o passar do tempo podem gerar o efeito sanfona. E, o mais importante de tudo: antes de começar seu projeto de emagrecimento, fale com um profissional.

 

Boa dieta

Compartilhar agora
X