EFEITO DA ELIMINAÇÃO: Felipe Conceição é demitido pelo Cruzeiro após derrota para a Juazeirense

A derrota para a Juazeirense na noite desta quarta-feira (9) no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro-BA, custou não apenas a eliminação do Cruzeiro na terceira fase da Copa do Brasil, como também a demissão do técnico Felipe Conceição. A saída do treinador foi anunciada pelo presidente do clube, Sérgio Santos Rodrigues, agora a pouco.

 

“Tenho que pedir desculpas à torcida do Cruzeiro. É inadmissível que seja eliminado da Copa do Brasil. Claro que existem diversas adversidades, com outras coisa. Temos que corrigir o rumo, no começo, enquanto tem tempo. Conversamos com o Felipe e demos a descontinuidade dele. Agradeço ao Felipe, pelas conversas, mas, infelizmente, a performance não era a esperada. Time da grandeza não pode estar assim”, disse o presidente do Cruzeiro.

 

Rodrigues disse que já trabalha, junto do diretor de futebol, Rodrigo Pastana, no novo nome para assumir o comando do clube. “Conversamos com o grupo. Pedindo o apoio de todo mundo e reiterando minha desculpas à torcida. Pode ter certeza que vamos trabalhar muito para corrigir nossa rota e trabalhar para chegar nosso objetivo final. Pela terceira vez, meu pedido de desculpas. Confiem que vamos buscar o melhor para vocês”, finalizou.

 

A derrota – A decisão do jogo veio durante as penalidades, após o Cancão de Fogo conseguir uma vantagem em cima do Cruzeiro. O único gol da partida veio aos 40 minutos do 2º tempo, quando Thauan soltou uma pancada para estufar as redes. O Cancão precisava fazer dois gols de diferença para garantir a vaga direto para as oitavas de final. Como isso não aconteceu, a classificação foi decidida nas penalidades. O Cruzeiro perdeu três bolas, enquanto o Cancão conseguiu botar três bolas no fundo da rede. Com isso, conseguiu esse feito histórico e agora está nas oitavas de final da Copa do Brasil.

 

foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Compartilhar agora
X