Viúva de MC Kevin, diz que amigos induziram artista a ‘suicídio não intencional’

Quase três meses depois da morte do MC Kevin, após queda do quinto andar de um hotel no Rio, a viúva Deolane Bezerra prestou um novo depoimento na 16ª DP (Barra da Tijuca) na terça-feira (3). Ela agora afirmou acreditar que Kevin foi “induzido ao suicídio não intencional”, através de uma “brincadeira de mau gosto” envolvendo o nome de Deolane.

 

Na delegacia, ela afirmou que uma entrevista de Bianca Domingues que estava com Kevin no quarto no momento em que ele pulou de um apartamento para outro e caiu, ao Domingo Espetacular, da Record, teria elementos que provariam que o MC teria pedido ajuda duas vezes antes de despencar, mas não foi atendido por dois amigos. As informações do depoimento foram publicadas pelo jornal Extra e confirmadas pelo G1.

 

Deolane afirmou na delegacia que acredita que Victor Elias Fontenelle, o MC VK, e Jonathas Cruz queriam fazer sexo com Bianca Domingues. Porém, como não tinham o dinheiro que seria pago para Bianca transar com dois homens, teriam inventado que Deolane, mulher de Kevin, estaria chegando ao quarto. O objetivo seria tirá-lo do local para que VK e Jonathas pudessem fazer sexo com a menina, que não teria aceitado fazer sexo com os três, disse.

 

*com informações do G1

Compartilhar agora
X