“Só os idiotas que não tomam”, diz técnico do Náutico ao criticar jogadores não vacinados

O Náutico perdeu dois jogadores para a estreia da Copa do Nordeste por não estarem com o ciclo vacinal da Covid-19 completo. O zagueiro João Paulo e o atacante Júlio – que também testou positivo para doença – não cumpriram a imunização e ficaram de fora da partida contra o Campinense, pela nova determinação imposta pela CBF. O técnico Hélio dos Anjos criticou o fato de jogadores não tomarem a vacina.

 

Primeiro, chamou de idiotas as pessoas que não se vacinam. Depois, amenizou a crítica aos dois atletas – citados nominalmente -, chamando de “irresponsabilidade” o fato de não terem se vacinado. “Nós estamos perdendo alguns jogadores por questões que fogem do nosso controle. Eu não posso entender jogadores como o João Paulo e o Júlio não tomaram vacina. Isso foge do meu controle. Eu tomei minhas vacinas. Todo mundo tem que tomar vacina. Só os idiotas que não tomam. Na minha visão é isso. Não estou falando que meu jogador é idiota, mas é uma irresponsabilidade muito grande.”

 

A partir de agora, os jogadores em questão só poderão entrar em campo pelo Nordestão e Copa do Brasil se comprovarem que tomaram as duas doses. Para o Campeonato Pernambucano, não existe a determinação, por isso os dois atuaram diante do Íbis. No caso de João Paulo, o jogador só tomou a primeira dose ao chegar no Náutico, no dia 11 de janeiro – a pedido do clube. Precisará, então, cumprir o intervalo exigido para ser imunizado com a segunda dose. O clube ainda não tem a data exata que o zagueiro terá o ciclo vacinal completo. Segundo Hélio dos Anjos, os dois jogadores correm o risco de ficar fora de toda a Copa do Nordeste.

 

*com informações do Globo Esporte

Compartilhar agora
X