Sem público e com transmissão ao vivo, Salvador terá Reveillon, se liga:

O Réveillon de Salvador já se consolidou como uma das principais festas de virada do Brasil, mas, com a pandemia da Covid-19, as celebrações deste ano não poderão ocorrer no formato das edições anteriores. Contudo, a prefeitura já planeja um modelo para viabilizar a realização do evento sem público e com as atrações transmitidas pela TV e internet.

 

De acordo com fontes com trânsito no Palácio Thomé de Souza, a ideia é garantir que a virada de Salvador continue sendo considerada uma referência no país. Segundo as fontes, a prefeitura já tem na mesa uma lista com atrações e alguns formatos para aplicar no Réveillon. O modelo promete ser inovador. Com isso, a expectativa é que a celebração tenha ampla repercussão no país e, no próximo ano, caso já se tenha uma vacina, o Festival Virada Salvador volte com força.

 

Em entrevista ontem, o prefeito ACM Neto (DEM) evitou aprofundar o assunto e disse que a prefeitura está finalizando um modelo para o Réveillon deste ano. “Não estamos trabalhando com hipótese de uma vacina que permita a imunidade de todos ainda este ano. Mesmo que tenhamos a vacina concluída, ela não terá alcance de massa para 2020. É o que as principais previsões indicam”, disse o prefeito. (Alô Alô Bahia)

Compartilhar agora
X