reprodução

Presidente da Câmara dos Deputados afirma que o Brasil terá 140 milhões de vacinas e auxílio de R$ 250 até junho

Em decisão tomada durante uma reunião, neste domingo (28), o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou, hoje (01), que o auxílio emergencial será pago até junho deste ano, no valor de R$ 250 e a distribuição de 140 milhões de doses contra a Covid-19. 

 

Estavam presentes na reunião os presidentes da República, Jair Bolsonaro (sem partido), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e os ministros Eduardo Pazuello (Saúde), Paulo Guedes (Economia), Walter Braga Netto (Casa Civil) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), no Palácio da Alvorada. 

 

Apesar do parlamentar citar valor e prazo relativos ao benefício, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 186/19, a PEC Emergencial, que inclui o pagamento, ainda não tem acordo para ser votada. O tema estará em pauta durante os próximos dias. 

 

Lira disse que o Ministério da Saúde entregará 140 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 nos meses de março, abril e maio. Mas não deu detalhes de onde viriam os imunizantes.

Compartilhar agora
X