Prefeitura de Juazeiro lança editais para trabalhar na Lei Aldir Blanc

A Pefeitura Municipal de Juazeiro, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes, lançou no Diário Oficial desta segunda-feira (06), quatro editais que serão trabalhados com recursos da Lei de auxílio emergencial para comunidade artística-cultural, Aldir Blanc. Os editais são Usinas Culturais, Manifestações Populares, Cultura Identitária e Festival Edésio Santos da Canção.

 

A lei Aldir Blanc 14.017/20, foi sancionada em 29 de junho de 2020 e prevê pagamento de renda emergencial mensal aos trabalhadores da cultura – R$ 600 pelo período de três meses -, subsídio mensal para manutenção de espaços artísticos e culturais – entre R$ 3 mil e R$ 10 mil – e iniciativas de fomento cultural, como editais, chamadas públicas, prêmios, aquisição de bens e serviços vinculados ao setor cultural e outros instrumentos destinados à manutenção de agentes, de espaços, de iniciativas, de cursos, de produções, entre outros.

 

Desde o mês de Junho a SECULTE convocou artistas, agentes culturais, coletivos culturais, grupos e organizações para inclusão e atualização do Cadastro Cultural do Município de Juazeiro. O objetivo era traçar um panorama do setor artístico-cultural. Foi realizada uma Audiência Pública virtual com o tema ‘Plano de Trabalho Para os Recursos da Lei Aldir Blanc’ e a SECULTE conta com a presença da comunidade cultural. Além disso, foi construído o Plano de Trabalho, plano de ação para utilizar o recurso, junto com o Conselho Municipal de Cultura.

 

Com os editais lançados, a SECULTE aguarda que comunidade cultural compareça à Secretaria para esclarecimentos e realize as inscrições. “Precisamos que os artistas façam as inscrições de suas propostas para os editais lançados, para que o auxílio emergencial possa chegar mais rápido”, ressalta o gestor da SECULTE, Alan Cleber.

 

Para esclarecer dúvidas, a Seculte disponibilizou o número (74) 3613-0654 de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

Compartilhar agora
X