Polícia Civil Pernambuco/Petrolina alerta para golpe praticado através do OLX

No golpe um estelionatário visualiza um anúncio de determinado veículo, criando e divulgando outro anúncio com as mesmas características, porém com um preço inferior. Quando a vítima entra em contato com o estelionatário este entra em contato com o anunciante verdadeiro e passa a intermediar uma negociação, combinando, inclusive, o encontro entre o anunciante e o comprador para analisar o veículo.

 

No entanto, o estelionatário comunica a cada um que não falem de valores, Informando para o comprador que o veículo está com um valor inferior em decorrência de uma dívida (ou algum outro negócio) entre ele e o vendedor. Para o vendedor, informa que conseguiu um valor melhor (ou que possui algum outro negócio com o comprador).

 

Na maioria das vezes, pede para, um ou outro, dizer que é seu parente. Por fim, o estelionatário passa uma conta para o comprador realizar um transferência, Informando que em seguida o vendedor entregará o recibo e o veículo. Que para o comprador, o estelionatário afirma que irá transferir o valor quando receber do comprador. As vezes, o estelionatário apresenta um TED Ou DOT falso, quando na verdade é um comprovante de depósito inexistente. Que, devido o contato pessoal com o vendedor e com o veículo, o comprador acaba caindo no golpe.

 

O golpe é praticado por agentes de outros estados, geralmente sul e sudeste, e, apesar das identificações e medidas cabíveis adotadas pela polícia judiciária, é imprescindível que todos tenham conhecimento dessa prática e evitem cair no golpe.

 

Medidas que podem ser tomadas na hora de negociar um veículo:

 

1 – Procure identificar se existe anúncios com as mesmas características do veículo interessado na mesma região.

2 – Verifique se, em anúncios parecidos, há fotos idênticas em ambos. Se encontrar, verifique se trata do mesmo anunciante.

3 – Fique atento a fotos de veículos em paisagens diferentes ou desconhecidas da região anunciada.

4 – se combinar em ver algum veículo, seja Franco e pergunte ao vendedor se há algum intermediário no negócio.

5- pesquise o local da agência da conta passada pelo vendedor. A conta sempre será de agências de outros estados.

6- somente transfira valores para a conta do proprietário do veículo. Jamais mande valores para a conta de supostos parentes.

Caso identifique possível golpe, procure a polícia com os dados passados pelo estelionatário (telefone, conta, etc).

Compartilhar agora
X