Pfizer entra com pedido de autorização emergencial nos EUA para uso de vacina

Poucos dias após o anúncio de que o imunizante feito em parceria com a BioNTech, empresa alemã, teria 95% de eficiência na prevenção da covid-19 sem grandes problemas de segurança, a farmacêutica americana Pfizer pediu às agências reguladoras dos Estados Unidos, nesta sexta-feira (20), uma autorização de uso de emergência para sua vacina contra a covid-19.

 

A aposta das empresas é que a Food and Drug Administration (FDA, na sigla em inglês) conceda a autorização em meados de dezembro, fazendo com que as empresas possam começar a enviar as doses iniciais quase imediatamente. A previsão inicial é que a Pfizer produza 50 milhões de doses na primeira leva, que serviriam para imunizar 25 milhões de pessoas.

Foto: DADO RUVIC / REUTERS

Compartilhar agora
X