Pandemia pode se agravar com entrada do inverno, diz Fiocruz; entenda porquê

A chegada da nova estação do ano, o inverno, nesta segunda-feira (21), pode agravar a pandemia da covid-19 no país, segundo o último boletim epidemiológico divulgado pelo Observatório Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz. É nessa época que também aumentam os casos de doenças respiratórias, como sinusite, gripes e pneumonias. A médica infectologista Luciana Sgarbi, ouvida pelo G1, explicou que, como os vírus da Covid-19 e da gripe se adaptam bem ao frio ou ao calor, o problema do aumento dos riscos nesta época são provocados pelo comportamento das pessoas.

 

Por exemplo: nessa época, não abrimos muito as janelas, e a circulação do ar fica prejudicada. Além disso, as pessoas tendem a procurar justamente os ambientes mais fechados, e quanto mais aglomeração houver em local sem circulação de ar, maior o risco de infecção. Dessa forma, esse comportamento de risco que faz com o que o vírus se dissemine com mais facilidade traz uma preocupação extra em tempos de pandemia.

 

Aumento de casos – Os dados referentes ao período entre 30 de maio e 12 de junho indicam que houve um pequeno crescimento de novos casos da doença, com a manutenção de um nível elevado de transmissão, e alta em torno de 3% na taxa de letalidade. A análise mostra também que a tendência de infecção entre os mais jovens se mantém, com o deslocamento dos casos e óbitos para grupos etários fora da faixa idosa.

 

foto: Roberto Parizotti

Compartilhar agora
X