Número de novos casos e de mortes pela covid-19 apresenta queda em Juazeiro e Petrolina, aponta pesquisa

Comparando os índices de notificações de contaminação em agosto e julho, o colegiado do Curso de Economia da FACAPE constatou quedas na quantidade de novos casos em Juazeiro-BA e em Petrolina-PE. A pesquisa aponta que na cidade baiana a redução foi maior, visto que Juazeiro passou de 1.930 novos casos em julho para 1.227 novos casos em agosto. Petrolina passou de 1.912 novos casos em julho para 1.387 em agosto.

 

De acordo com a pesquisa, houve redução também no número de óbitos no mesmo período. Foram registrados, em Juazeiro, 32 em julho e 16 em agosto, ou seja, redução de 50%. Em Petrolina, também foi verificado que diminuiu os novos óbitos, passando de 28 em julho para 24 em agosto (redução de 14,29%). Assim, na cidade pernambucana a quantidade de novos óbitos no mês de agosto foi superior a da cidade baiana.

 

Outro dado relevante do estudo mostra a evolução da quantidade de testes realizados para identificar novos casos. O indicado é que se teste bastante, contudo, as duas cidades reduziram a testagem, e os números trazem forte influência nos resultados, principalmente com a reabertura de bares, restaurantes e academias, onde se concentram muitas pessoas, disse o colegiado. Em Petrolina, foram feitos 11.041 testes rápidos em julho e apenas 7.138 em agosto (- 35,35%). Na cidade de Juazeiro, que testa muito menos do que na vizinha pernambucana (cerca de 1/3 do total apenas), a quantidade caiu de 4.219 em julho para 2.311 em agosto (- 45,22%).

 

O Colegiado da FACAPE disse ainda que há uma preocupação em relação a queda que ocorre semanalmente nos índices de isolamento social. O órgão destacou que, se a população não fizer a sua parte, os índices – hoje favoráveis – podem voltar a subir, prejudicando o sistema de saúde dos municípios, além da economia e sociedade, e que o ideal é sair de casa se realmente tiver necessidade, e se possível, não permanecer por muito tempo em situações que proporcione aglomeração de pessoas.

Compartilhar agora
X