Médicos descartam cirurgia, mas Bolsonaro segue sem previsão de alta

O médico Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo e sua equipe afirmaram nesta manhã (4) que o quadro de obstrução intestinal do presidente Bolsonaro foi resolvido e que, por enquanto, não há necessidade de fazer uma cirurgia. Mas ainda não há previsão de alta.

 

De acordo com o boletim divulgado pela equipe do hospital Vila Nova Star, a evolução do paciente segue satisfatória: ” O quadro de suboclusão intestinal do Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, se desfez, não havendo indicação cirúrgica. A evolução do paciente clínica e laboratorialmente segue satisfatória e será iniciada hoje uma dieta líquida”.

 

O médico-cirurgião que atende o Presidente da República Jair Bolsonaro interrompeu férias nas Bahamas para avaliá-lo. Ele chegou ao hospital Vila Nova Star às 6h09 desta terça-feira (4), em um voo fretado. Vale ressaltar que Antônio Macedo foi o mesmo médico que operou o presidente após uma facada na véspera de eleição em 2018.

Compartilhar agora
X