Jogador argentino do PSG é substituído ao saber que casa tinha sido assaltada com seus familiares. Residência de brasileiro também foi alvo

As casas dos pais do zagueiro brasileiro Marquinhos e da família de Di María foram invadidas e assaltadas na noite deste domingo, durante a derrota do PSG para o Nantes por 2 a 1 pelo Campeonato Francês.

 

A assessoria do zagueiro Marquinhos confirmou que a casa dos pais do jogador foi alvo da ação de bandidos durante o jogo. Familiares do defensor estavam na residência durante o assalto, mas, apesar do susto, estão bem.

 

Capitão do Paris, Marquinhos atuou durante toda a partida. Di María, no entanto, foi substituído aos 16 minutos do segundo tempo. A transmissão do jogo flagrou o momento em que Leonardo fala ao telefone nas tribunas. Pouco depois, Pochettino tira o jogador argentino do jogo, vai com ele até o túnel do vestiário, e o atleta deixa o Parque dos Príncipes às pressas e chorando.

 

De acordo com a “RMC Sports”, a esposa de Di María, Jorgelina, e as duas filhas estavam na casa quando ela foi invadida. O conteúdo de um cofre teria sido levado. Os assaltantes teriam agido com violência, o que deixou o meia-atacante argentino bastante apreensivo ao saber da notícia. Di María viveu trauma parecido em 2015, em Manchester, quando jogava no United. O trauma contribuiu para ele deixar a Inglaterra naquele ano.

Compartilhar agora
X