João Dória lamenta pausa em testes de vacina da oxford, mas diz: “Nada interfere na Coronavac” entenda:

Após divulgação na noite de ontem (08), de uma pausa nos testes da vacina da Universidade de Oxford, depois de um dos voluntários ter tido uma reação grave (ainda sem maiores detalhes divulgados), João Dória, governador de São Paulo, lamentou o episódio, mas se mantém esperançoso quanto à Coronavac, vacina chinesa que está sendo testada em parceria com o instituto Butantã em diversos estados brasileiros: “Lamento profundamente a interrupção dos testes da Vacina de Oxford no Brasil. Reafirmo: quanto mais vacinas testadas e aprovadas tivermos, mais rápido imunizaremos os brasileiros e mais vidas serão salvas. Não importa a origem da vacina, mas sim sua eficiência comprovada” disse ele no twitter.

 

Segundo ele, o momento agora é de torcida para que pelo menos uma das vacinas se mostrem eficazes para que a população seja vacinada contra à Covid-19: “Não estamos fazendo uma corrida por vacinas, sim pela vida. Ressalto também que a suspensão dos testes da vacina de Oxford em nada interferem no bom andamento da fase três de testes da Coronavac em seis estados brasileiros. São vacinas produzidas por tecnologias diferentes. Estudos divulgados esta semana mostram que a Coronavac teve uma resposta imunológica de 98%. Estamos muito esperançosos e torcendo também pelo sucesso de mais vacinas” finalizou.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por João Doria (@jdoriajr) em

Compartilhar agora
X