Crianças têm baixa taxa de transmissão de Covid, diz estudo da Fiocruz

Crianças têm baixa taxa de transmissão de Covid-19, é o que mostra uma pesquisa feita com 667 pessoas em 259 domicílios de Manguinhos, bairro da zona norte do Rio de Janeiro, entre maio e setembro de 2020, pelo Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI), um dos laboratórios da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no RJ. O estudo analisou dados de 323 crianças (de 0 a 13 anos), 54 adolescentes (14 a 19 anos) e 290 adultos, e, de acordo com os cientistas, apenas 45 crianças testaram positivo para o novo coronavírus (13,9% do total).

 

O estudo mostra ainda que a infecção foi mais frequente em crianças com menos de 1 anos (25%) e na faixa de 11 a 13 anos (21%). Todas as que testaram positivo tiveram contato com um adulto ou adolescente com sinais recentes do novo coronavírus. “As crianças incluídas no estudo não parecem ser a fonte da infecção de SARS-CoV-2 e mais frequentemente adquiriram o vírus de adultos”, considera o estudo.

 

Intitulado “A dinâmica da infecção de SARS-CoV-2 em crianças e contatos domiciliares em uma comunidade pobre do Rio de Janeiro”, o artigo produzido pelo INI foi publicado na revista Pediatrics, da Sociedade Americana de Pediatria (SBP), após ser revisado pela comunidade científica.

foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Compartilhar agora
X