Ataque hacker adia exigência de quarentena para não vacinados no Brasil

O início da exigência de quarentena de cinco dias para viajantes que entrem no Brasil sem estar vacinados precisará ser adiado em uma semana. A decisão pelo adiamento foi tomada devido ao ataque hacker sofrido pelo site do Ministério da Saúde e o aplicativo ConectaSUS na madrugada desta sexta-feira (10). As novas regras, que começariam a valer neste sábado (11), só passarão a ser exigidas em 18 de dezembro.

 

A pasta informou que o Gabinete de Segurança Institucional e a Polícia Federal já investigam o ataque. Até o momento, o site ainda continua fora do ar. De acordo com o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, uma nova portaria deve ser publicada nesta sexta com a alteração de data.

 

A portaria publicada na quinta(9), exigia que, ao entrar no país, os viajantes apresentem comprovante de vacinação, além do teste negativo para a covid-19. Caso a pessoa não tenha se vacinado, ela terá que fazer quarentena de cinco dias e refazer o teste da covid-19.

foto: Mike Groll / Gabinete do Governador Andrew M. Cuomo

Compartilhar agora
X