Artista juazeirense cobra pagamento de edital “Arte Contra a Pandemia” da prefeitura

Em um vídeo publicado pulicado nas redes sociais ontem (19), o artista Devilles Sena fez críticas e cobranças à Prefeitura de Juazeiro, pelo edital “Arte Contra a Pandemia”, da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (Seculte), criado com o objetivo de ajudar a classe artística que ficou sem oportunidades de trabalho para geração de renda com a pandemia da covid-19, segundo a gestão.

 

O artista juazeirense chamou o edital de “vergonhoso” e cobrou que a prefeitura faça o repasse do valor de R$ 300 que será destinado à cada selecionado no edital. “Estamos sem respostas a respeito do pagamento do ‘Arte Contra a Pandemia’ que nós todos nos submetemos a se inscrever nesse edital que por si só é uma grande vergonha, um grande vexame, uma grande humilhação. Não se submete trabalhador da arte e da cultura a esse tipo de humilhação. Todos os dias estamos procurando esse dinheiro. Cadê a resposta? Por quê não nos pagam? Nos tratem com respeito, pois sem nós, vocês não são nada”, desabafou.

 

Artistas de vários segmentos, nas áreas da Literatura, Representação, Música, Dança, Artes Visuais/Audiovisual, Teatro, Circo, dentre outras, se inscreveram no edital. Ao todo, o poder público municipal disse ter destinado R$ 80 mil para o edital.

 

Assista:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por DEVILLES (@devillessena) em

Compartilhar agora
X