Alimentação, atividade física e sono: médica dá dicas de como manter a boa forma durante os festejos juninos

Foram dois anos sem festejos juninos devido à pandemia da Covid-19. Agora, em 2022, as comemorações tradicionalmente nordestinas foram retomadas e é nítida a ansiedade dos amantes desse período tão aguardado. No entanto, além das maratonas festivas, junho também é o mês das comidas típicas, por isso, é preciso atenção aos cuidados para manter a boa forma.

 

“É importante se cuidar não só pelo processo de emagrecimento, ganho de massa muscular, como pela saúde em geral. Precisamos nos preocupar com o excesso de comida, pois é necessário haver um equilíbrio entre os carboidratos que são fonte de energia, ajudam na metabolização do álcool – no caso das pessoas que consomem bebida alcoólica –, assim como a hidratação, para cada dose de bebida alcoólica, a orientação é beber um copo de água”, explica a Dra. Carolina Almeida, médica referência em emagrecimento, responsável pelo Núcleo GA Petrolina.

 

De acordo com a médica, para suportar os dias de festa, é fundamental ter preparo físico, assim, o indicado é manter os treinos mesmo durante os festejos. Mas, atenção à composição dos exercícios. “São muitos dias de festa, então é importante ter condicionamento físico, já que são longos períodos de pé, dançando por muitas horas. Combine com seu educador físico um treino adequado para o momento, nada de exercícios que deixem a musculatura extenuada sem condições de aguentar a festa. Ao mesmo tempo que estar bem fisicamente ajuda, um treino extenuante pode não ser a melhor estratégia”.

 

A alimentação e a atividade física são imprescindíveis no combo da boa forma durante o “São João”, o sono, no entanto, é tão importante quanto, como explica a médica: “As pessoas tendem a menosprezar o sono nessa época, contudo, faço questão de alertar que depois de perder uma noite inteira é importante recuperar esse sono perdido. Pensando nisso, a dica é que você programe um momento durante o dia para descansar e assim promover o efeito reparador do sono para o cérebro e para o corpo”, finaliza.

Compartilhar agora
X