Aliança da OMS prevê doses de vacina para 10% da população brasileira; entenda

A participação do Brasil na aliança Covax Facility, coordenada pela OMS, prevê 42 milhões de doses de vacina contra a covid-19, quantidade suficiente para a cobertura de 10% da população brasileira, o que equivale a cerca de 21 milhões de pessoas (considerando a necessidade de dose dupla). A informação é do secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, que lembrou ainda que quando outras vacinas estiverem disponíveis, a população poderá ter acesso a doses tanto do acordo com a OMS quanto dessas outras parcerias, como a realizada entre a Fundação Oswaldo Cruz e a farmacêutica Astrazeneca.

 

Segundo o Franco, o percentual de cobertura foi definido a partir de estudos científicos que apontam os grupos de risco principais para o desenvolvimento de formas graves da doença, como os idosos com 80 anos ou mais, indivíduos com comorbidades e trabalhadores da área de saúde. A Covax Facility é uma coalizão de mais de 150 países criada para impulsionar o desenvolvimento de vacinas contra a covid-19. O acordo do país com a OMS é no valor estimado de R$ 2,5 bilhões.

 

Ontem (6), o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, reconheceu que uma vacina contra a covid-19 pode estar pronta até o fim deste ano.

Compartilhar agora
X