Adiou: Doria pedirá à Anvisa registro definitivo da CoronaVac em 23 de dezembro

A previsão inicial era de que os resultados do estudo clínico conclusivo da vacina contra covid-19 desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a biofarmacêutica Sinovac fossem enviados até esta terça-feira (15), mas, de acordo com o governador João Dória, isso só deverá acontecer no dia 23 de dezembro. Os documentos serão encaminhados para a Anvisa.

 

Segundo Doria, a intenção é apresentar o estudo completo e pedir o registro definitivo, e não mais o pedido de uso emergencial com estudo preliminar, como previsto inicialmente. Além disso, o pedido à Anvisa deve ser feito simultaneamente à apresentação do estudo conclusivo. A solicitação será igualmente levada à NMPA (National Medical Products Administration), instituição chinesa responsável pela regulação de medicamentos.

 

O governo de São Paulo espera obter o registro da vacina do Butantan até o final deste ano. O Plano Estadual de Imunização do Estado estabelece que a vacinação comece em 25 de janeiro, com a autorização da Anvisa ou de órgãos internacionais equivalentes, conforme possibilita a legislação brasileira. Segundo o presidente do Instituto, desde 8 de dezembro, o Butantan já produziu um milhão de doses do imunizante.

Compartilhar agora
X