4 formas de aprender melhor com as aulas remotas

A pandemia da Covid-19 provocou diversas transformações em nossas vidas. Dentre elas, a implementação das aulas remotas, que garantem que os alunos sigam com o calendário acadêmico mesmo com o distanciamento social, orientado pelos órgãos governamentais.

 

Apesar de já estarmos há 1 ano vivenciando essa realidade, muitos estudantes ainda estão se adaptando à metodologia. A psicopedagoga Mariana Soledade, da Rede UniFTC, explica que “essa mudança acarretou uma nova forma de organizarmos o nosso tempo e nossas maneiras de estudar e ensinar, e a adaptação a essa nova perspectiva de educação é mesmo um desafio”.

 

Segundo ela, seguir algumas dicas torna-se fundamental para um melhor aproveitamento durante este período. Confira:

 

1- Explore os recursos do ambiente virtual

 

O ambiente virtual de aprendizagem (AVA) possui muitos recursos que otimizam a interação entre professores e estudantes. Assim, estudantes e docentes precisam conhecer as ferramentas para que possam aproveitar ao máximo essa experiência. Por exemplo, uma aula ao vivo pode acontecer usando todos os recursos que utilizamos em uma aula presencial, como projeção de vídeos, uso de quadro branco, quiz e slides, basta que o professor use a criatividade.

 

Quanto aos estudantes, estes devem aproveitar os momentos de aula online para perguntar, fazer acréscimos à fala do professor e interagir com colegas através de chats e fóruns. A plataforma Blackboard, utilizada pela Rede UniFTC, dá a possibilidade de deixar as aulas gravadas, o que torna possível a revisão dos assuntos discutidos em outros momentos de sua preferência.

 

2- Adote um planner

 

Embora haja as orientações dos professores, não estamos habituados a realizar estudos de maneira mais autônoma, principalmente em casa e sozinhos. Nesse caso, a primeira coisa a se fazer é criar uma rotina de estudos, estabelecendo horários no dia para esse fim. Nesse sentido, adotar um planner pode ajudar! Planner, em inglês, significa “planejador”, ou seja, um recurso que vai auxiliar o estudante a organizar melhor a rotina de estudos, pois nele é possível estabelecer um cronograma com as atividades que precisam ser executadas ao longo do dia ou da semana.

 

Entretanto, a construção desse planejamento precisa ser realista, isso quer dizer que necessita ser, de fato, possível de executar. Um planner fora da realidade pode desanimar o estudante a seguir com o cronograma das tarefas que precisa realizar.

 

3- Eleja um lugar adequado

 

Outro aspecto importante é eleger um lugar em casa adequado para os estudos, que seja arejado, o mais silencioso possível e bem iluminado. Além disso, é bom ter todos os materiais necessários em mãos, para evitar muitas interrupções nos estudos.

 

A dica de que é preciso estudar todos os dias está valendo ainda mais nesse período! Nesse caso, o estudante não deve deixar acumular as atividades e os assuntos a serem estudados, pois pode acarretar mais tensão e ansiedade.

 

4- Tenha momentos para relaxar

 

Por fim, é bom lembrar que a vida não é só estudar! Embora estejamos em um momento especial, com restrições para sair de casa, precisamos estabelecer tempo para descansar, se divertir, fazer exercícios e interagir com os amigos e parentes, sejam os que estejam em casa ou os que estão longe que, nesse caso, vai requerer um recurso virtual para fazer esse contato

.

Bônus! Vem ouvir a playlist que a gente montou pra você relaxar: https://bit.ly/uniftc-prarelaxar

Compartilhar agora
X