Vai ter torcida? CBF, clubes da Série A e federações discutem tema em reunião acalorada

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se reuniu com os clubes da Série A do Brasileirão e suas respectivas federações para debater sobre o retorno das torcidas aos estádios e outras questões ligadas à pandemia do novo coronavírus em um encontro virtual ontem (24). A reunião teve momentos acalorados. A maioria dos clubes disse ser a favor da reabertura dos estádios desde que isso aconteça de forma isonômica, ou seja, para todos e não apenas em determinadas regiões, e com a devida permissão das autoridades locais.

 

O Flamengo e a Ferj defenderam que o público deveria ser liberado nas cidades que concordassem com a decisão.Palmeiras e Corinthians, entre outros, foram taxativos e não aceitaram.  Houve tensão entre o presidente da CBF, Rogério Caboclo, que propôs uma votação sobre o tema, e o da federação do Rio (Ferj), Rubens Lopes, lembrou que o pleito não poderia ser realizado, pois não se tratava de uma reunião arbitral, e sim de um simples encontro. O tom da discussão subiu e inviabilizou qualquer definição.

 

No âmbito governamental, a situação também divide opiniões. O Governo da Bahia já reforçou a proibição das torcidas, assim como o de São Paulo. Já o Rio de Janeiro emitiu um decreto que autoriza a presença do público.

foto: Lucas Merçon/Fluminense FC

Compartilhar agora
X