Uma das vítimas do atentado terrorista na França era baiana: “Diga aos meus filhos que eu os amo”

A cozinheira e cuidadora de idosos baiana Simone Barreto Silva, 44 anos, natural de Salvador, foi uma das vítimas do ataque terrorista que aconteceu na manhã desta quinta-feira (29), em Nice, Sul da França, e deixou três mortos.  De acordo com um familiar, Simone, que tinha três filhos, teria dito a pessoas num restaurante próximo, onde se refugiou: “Diga aos meus filhos que eu os amo”.

 

Simone tinha saído para o trabalho e resolveu dar uma passada na basílica para orar, momento em que foi atacada. Ela conseguiu sair da igreja e, mesmo ferida, gritou e acionou a polícia, que atirou no criminoso: “Ela lutou contra o assassino e, mesmo ferida, conseguiu sair da igreja pedindo socorro e alertando sobre o que estava acontecendo, até que a polícia veio e evitou que a tragédia fosse ainda maior”, contou abalada a irmã Solange Barreto ao Correio.

 

O prefeito de Salvador, ACM Neto e o Governador Rui Costa, lamentaram o ocorrido: Fica a nossa imensa consternação diante desse crime bárbaro, condenado por todos os líderes mundiais, com os quais nos uniremos agora, na certeza de que o bom senso, a razão e a lucidez irão subjugar a irracionalidade, o fanatismo e a intolerância religiosa” disse Neto. Rui Costa disse: “Ataque covarde contra a liberdade”.

 

Compartilhar agora
X