Testes com vacina da Oxford são suspensos após voluntário ficar doente

A AstraZeneca suspendeu os testes de estágio final de sua aguardada candidata a vacina contra Covid-19 após uma suspeita de reação adversa séria em um participante do estudo, afirmou o site de notícias de saúde “Stat News” nesta terça-feira (8). A informação foi confirmada pela repórter da CNN americana Maggie Fox.

 

Ainda não está claro se a interrupção dos testes ocorrerá apenas nos Estados Unidos ou em todos os países em que o imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford já é aplicado em voluntários, como o Brasil.

 

A medida é prevista em testes de vacina e serve para garantir que os imunizantes experimentais não causem reações adversas sérias entre voluntários.

 

“Como parte dos testes globais controlados e randomizados em andamento da vacina de Oxford contra o coronavírus, nosso processo de revisão padrão desencadeou uma pausa na vacinação para permitir a revisão dos dados de segurança”, disse a empresa.

Compartilhar agora
X