TENSÃO MUNDIAL: Brasil vota a favor de punição à Rússia na ONU e prega “estabilidade”

O Brasil foi um dos 140 países que votaram a favor da aprovação da resolução que pune a Rússia pela guerra contra a Ucrânia. A reunião extraordinária da Assembleia Geral durou três dias, e somente no início da tarde desta quarta-feira (2) a resolução foi colocada em votação. O embaixador do Brasil na Organização das Nações Unidas (ONU), Ronaldo Costa Filho, explicou o posicionamento brasileiro e defendeu o diálogo e as discussões sobre a paz.

 

“O Brasil continua a exortar todos os atores a desescalar e renovar os esforços em favor de um acordo diplomático negociado entre a Ucrânia e a Rússia que contribua para o restabelecimento da segurança e da estabilidade da região”, defendeu.

 

A sessão emergencial foi aprovada pelo Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU). A movimentação político-diplomática é uma represália após uma resolução que exigia a retirada imediata das tropas russas do território ucraniano ser vetada por causa de somente um voto contra que veio justamente da Rússia. A Rússia e a Ucrânia vivem um embate por causa da possível adesão ucraniana à Otan, entidade militar liderada pelos Estados Unidos.

Compartilhar agora
X