Taxa de ocupação do Hospital de Campanha de Juazeiro cai em 30%, mas alerta: “pacientes jovens estão em maior número”

O Hospital de Campanha (HC) de Juazeiro registrou queda na taxa de ocupação nos últimos dois meses. Nos primeiros meses de 2021 a taxa atingiu percentuais entre 60% e 65%. De maio a junho, esse percentual caiu para 30%.

 

No entanto, os casos que estão chegando ao HC revelam mudança no comportamento das pessoas em relação ao tempo entre o aparecimento dos sintomas da Covid-19 e a procura pela unidade de saúde. “Nós percebemos aumento na gravidade da doença. O perfil do paciente mudou, ele está demorando mais tempo em casa e quando chega ao hospital está com maior comprometimento respiratório, o que fez aumentar o número de óbitos”, ressaltou o diretor da UPA e Hospital de Campanha, Régio Cunha.

Jovens com Covid-19

 

Os registros do Hospital da Campanha apontam mudança no perfil dos casos da Covid-19 em Juazeiro nos últimos três meses. “Com o avanço na vacinação já se percebe a redução nos casos graves da doença. Mas percebemos também o aumento no número de casos da Covid-19 em pacientes mais jovens. O aumento no número de pacientes entre 30 e 40 anos é maior do que os de idosos internados”, explica o diretor médico da UPA e Hospital de Campanha, Allan Diêgo da Costa Lopes.

 

Os casos da Covid-19 em pacientes jovens são de quadro intermediário, que não necessitam de suporte ventilatório.

Compartilhar agora
X