SP exigirá ‘passaporte da vacina’ para autorizar entrada em estabelecimentos; entenda

Com o objetivo de dificultar a circulação de pessoas não vacinadas, a prefeitura de São Paulo pretende lançar um passaporte digital de vacinação contra a Covid-19 a partir da próxima semana. Com isso, frequentadores de restaurante, bares, eventos, shoppings e torcedores, por exemplo, terão de apresentar o comprovante digital por meio do aplicativo E-Saúde, da secretaria municipal da Saúde, ou ainda o comprovante físico da vacinação.

 

Os locais que desrespeitarem a nova regra serão multados, segundo o prefeito Ricardo Nunes (MDB). As pessoas que foram imunizadas fora da capital paulista deverão apresentar o comprovante físico, mas a meta da prefeitura é realizar a integração dos cadastros no futuro. O aplicativo E-Saúde concentra as informações de todas as pessoas que se vacinaram dentro do município mostrando a quantidade de doses já recebidas, o intervalo entre elas e o fabricante do imunizante.

 

Não é necessário ter as duas doses da vacina, mas é preciso estar com o esquema vacinal em dia. Aqueles cidadãos que tomaram apenas uma dose e ainda não chegou a data para a segunda aplicação poderão frequentar esses locais normalmente. Porém, se estiver com a data atrasada, pode ter sua entrada barrada. Ainda não há data certa para início da nova regra.

 

foto: Prefeitura de Sertãozinho-SP

Compartilhar agora
X