SEM VACILAR! Confira dicas se proteger da Covid durante as festas de fim de ano

Para muita gente, esse final de ano será de reencontros, já que muitos vão encontrar neste fim de ano familiares e amigos para matar a saudade. Entretanto, é importante ressaltar que, apesar do cenário epidemiológico brasileiro estar mais controlado, ainda é preciso tomar alguns cuidados com o coronavírus. Pensando nosso, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) elaborou uma cartilha com recomendações para quem quer se reunir neste fim de ano com mais segurança. A principal orientação: “Estar vacinado é o melhor presente”.

 

Ventilação de espaços – O vírus Sars-CoV-2, causador da Covid-19, é caracterizado pela transmissão aerossol. Ou seja, permanece suspenso no ar em pequenas gotículas respiratórias. Por isso, o uso de máscaras com boa vedação e a preferência por espaços ventilados é importante. A Fiocruz recomenda a escolha de locais compatíveis com a quantidade de pessoas convidadas, para não gerar aglomeração. Espaços ventilados são mais seguros. Se não for possível, o melhor é abrir as janelas e usar ventiladores, em vez de ar condicionado.

 

Higienização – É importante oferecer álcool em gel para os presentes logo na entrada, e também em outros ambientes. Ao invés de toalhas de pano, normalmente utilizadas por muitas pessoas em locais como mãos e rosto, a sugestão é o uso de toalhas descartáveis, de papel. Sobre o uso de máscaras, a Fiocruz recomenda modelos bem vedados ao rosto, como PFF2. Levar máscaras extras e guardar a que está utilizando em saco plástico enquanto come também é fundamental.

 

Em caso de viagens – A indicação para viajantes é completar o esquema vacinal e levar consigo o comprovante de imunização. Além disso, especialistas da Fiocruz também recomendam a realização de teste 2 ou 3 dias antes do percurso. Durante a viagem, é importante reforçar a higienização, lavando bem as mãos com água e sabão, quando possível, e com álcool 70%. Para se proteger bem durante todo o deslocamento, máscaras com boa vedação como PFF2 também são indicadas.

 

Por último, e não menos importante, é fundamental manter a regra de não compartilhar os objetos pessoais, como copos, pratos, talheres. Ah, os especialistas da instituição recomendam não encontrar outras pessoas caso algum sintoma da Covid-19 seja detectado. A permanência em casa para não vacinados também é recomendada.

Compartilhar agora
X