SE A MODA PEGA… Portugal proíbe chefe de mandar mensagem fora do horário de trabalho

O parlamento de Portugal aprovou na última semana uma lei que penaliza empregadores que entrarem em contato com funcionários fora do horário do trabalho. A nova lei busca equilibrar a vida profissional e pessoal dos trabalhadores e atrair “nômades digitais” para o país, segundo a revista Exame.

 

A legislação foi aprovada após o crescimento do home office durante a pandemia do coronavírus, de acordo com o governo do Partido Socialista de Portugal. Conforme as novas regras, os empregadores podem ser penalizados por mandarem mensagem para os funcionários após o horário de trabalho e serão penalizados por isso, já que serão obrigados a pagar o aumento de despesas com trabalho em casa, como contas de energia e eletricidade.

 

Mas não para por aí. Outras normas também foram implementadas: os empregadores foram proibidos de monitorar seus trabalhadores em casa e reuniões com a chefia devem ocorrer presencialmente a cada dois meses para impedir o isolamento. Já pensou se essa ideia viraliza?

Compartilhar agora
X