Produtor e escritor “Zuza”, que morreu neste domingo (4), deixou biografia inédita de João Gilberto

Considerado um dos principais pesquisadores da música brasileira, o jornalista paulistano José Eduardo Homem de Mello, mais conhecido como Zuza, morreu em São Paulo na madrugada deste domingo (4). Aos 87 anos, ele teve um infarto agudo do miocárdio enquanto dormia, após passar o sábado (3) comemorando com a mulher, Ercilia Lobo, seus novos projetos, entre eles, a biografia do músico juazeirense João Gilberto, livro que havia finalizado recentemente.

 

Mello, mais do que um entendedor da gênese da música popular, era também um dos maiores fãs da arte produzida no Brasil por brasileiros. O escritor era um entusiasta das possíveis adaptações de seus livros para outras mídias, como a TV, o cinema e os palcos. E era justamente este o desejo do autor, que, ao finalizar a biografia de João Gilberto Prado Pereira de Oliveira (1931-2019), a ser lançada em 2021 pela Editora 34, via a possibilidade de a obra inspirar a montagem de um musical em homenagem ao papa da Bossa Nova.

 

Com o livro que deixou pronto, Zuza esperava que houvesse ali material capaz de inspirar produtores e dramaturgos a se debruçar sobre a mítica história do homem que revolucionou a música brasileira, e que faleceu em 2019. Quem sabe esse desejo não vira realidade em breve? (com informações Observatório do Teatro)

 

Grande Zuza!

Compartilhar agora
X