Prefeitura do Rio prevê 4 dias de festa em setembro e réveillon que será o “maior da história da cidade”

O prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes anunciou hoje (29) que a cidade fará um ano de eventos para marcar a reabertura que está prevista com o avanço da vacinação contra a covid-19. A meta da prefeitura é ter, até o início de setembro, 91% da população adulta vacinada. Até novembro, o objetivo é atingir 93% de imunizados com a primeira dose e 90%, com as duas doses.

 

O calendário de eventos que marcará a reabertura vai começar já em 2 de setembro, com um festival que terá atividades culturais, artísticas e gastronômicas em espaços abertos. O evento contará com um ponto facultativo em 3 de setembro e vai se estender até o dia 5 de setembro. Estão previstos também a apresentação de DJs na orla, campeonatos de futebol e atividades esportivas ao ar livre. Essa primeira etapa prevê a reabertura de estádios e boates com 50% do público. Com 100% da capacidade, seria em 17 de outubro.

 

O prefeito disse ainda que o réveillon será o “maior da história da cidade” e que o carnaval, se tudo caminhar como o previsto, será realizado. Caso as projeções se confirmem, ambas as festas devem ocorrer quando o uso de máscaras já tiver deixado de ser obrigatório na maior parte da cidade, o que está previsto para ocorrer em 15 de novembro. Outros eventos serão anunciados futuramente, compondo um calendário anual que será concluído em 2 de setembro de 2022, quando Paes vai propor que seja criado um novo feriado municipal, o Dia do Reencontro.

 

O planejamento é visto com preocupação por especialistas.

 

foto: Ricardo Stuckert / Fotos Públicas

Compartilhar agora
X