reprodução

Pernambuco notifica casos da “doença da urina preta”

A Secretária Estadual de Saúde (SES) do Estado de Pernambuco, por meio do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) da cidade de Recife, notificou a investigação de cinco casos de mialgia aguda. O caso leva a suspeita da doença de Haff,  conhecida como ‘Doença da Urina Preta’, que é caracterizada pela presença de toxinas biológicas presentes em peixes. 

 

Dois, dos cincos casos, ocorreram após duas pessoas passarem mal ao ingerirem o pescado da espécie arabaiana. A Secretária de Saúde do estado está realizando a investigação epistemológica de todos que consumiram o peixe, além de está coletando o alimento para análise no Laboratório Central de Saúde (Lacen-PE). 

 

Em período de quaresma, o consumo do peixe aumenta, é importante que a população esteja em alerta aos principais sintomas da Síndrome de Haff, que são: a falta de ar, dormência e perda de força corporal e urina na cor de café.

Compartilhar agora
X