Pede.Ai adquire aplicativo de mobilidade urbana, o Mova

O pede.ai anunciou no início desta semana a aquisição da startup de mobilidade urbana Mova, aplicativo que atua no interior do nordeste e se destacou por possuir as melhores taxas para passageiros e motoristas. O valor da negociação não foi revelado.

 

A estratégia do pede.ai é fortalecer o serviço de mobilidade urbana e acelerar o crescimento, levando o aplicativo Mova para sua área de atuação no interior do Brasil.

 

“Estamos entusiasmados por unir forças com o Mova e liderar a futura revolução no interior com os nossos serviços de delivery e mobilidade. A mobilidade é um direito humano e como as cidades se tornam cada dia mais movimentadas, a mobilidade urbana se tornou mais difícil”, revela João Neves, co-fundador e CEO do pede.ai.

 

“Combinando os hábitos diários de mobilidade, delivery e as necessidades de milhares de pessoas com o transporte de qualidade, seguro e acessível, seremos capazes de tornar as cidades do interior melhores lugares para se viver”, disse Diogo Portela, co-fundador e CEO da Mova.

 

Com a pandemia do novo coronavirus, o pede.ai viu a oportunidade de crescimento e aposta em novos aplicativos. No final de março deve ser inaugurado em Petrolina, sertão pernambucano, o primeiro HUB de inovação do Vale do São Francisco. O HUB tem como principal objetivo acelerar a criação e maturação de novas startups no vale.

 

Sobre o pede.ai

 

Fundado em 2017 no interior do nordeste, o pede.ai hoje está presente em mais de 170 cidades e 18 estados brasileiros. Já atingiu grandes números, batendo a marca de 800 mil aplicativos baixados e mais de 8 mil estabelecimentos cadastrados.

 

Sobre o Mova

 

Fundado em 2018, o Mova já realizou mais de 1.8 milhões de viagens, 100 mil downloads do aplicativo e possui mais de 10 mil motoristas cadastrados. Com a aquisição pelo pede.ai, os sócios fundadores Diogo Portela e Heriko Railsom permanecem na liderança estratégica do Mova.

Compartilhar agora
X