Os casos estão aumentando em Petrolina e Juazeiro? Portal Zap esclarece

Os últimos números da covid-19 em Petrolina e Juazeiro têm sido motivo de repercussão. Na cidade pernambucana, por exemplo, foram 116 novos casos na segunda (18) e mais 50 nesta terça (19), índices que há tempos não eram registrados. Entretanto, a Secretaria de Saúde justifica que o aumento se deve pelo aumento no número de testagem. “O município está intensificando a testagem de pessoas com sintomas e também a demanda espontânea nos pontos de maior circulação, como Praça Dom Malan, Bambuzinho, feiras livres e demais pontos. Quanto mais testa, mais descobrimos casos”, disse a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro, ao blog Carlos Britto.

 

Em relação à taxa de ocupação de leitos de UTI, que está em 20% pelo segundo dia seguido – índice que também, há várias semanas, não era registrado – a secretária acrescentou que o crescimento se dá devido a diminuição de leitos. “20% de ocupação representam cinco pessoas ocupado os leitos disponíveis, dois são pacientes de Petrolina e três de outras cidades da região. Se estivéssemos com o mesmo número de leitos de meses atrás, estaríamos com 7% de ocupação”, disse a secretária que destacou ainda a estabilidade na curva de casos graves “graças a vacinação”.

 

Juazeiro – Juazeiro também teve um salto no número de novos casos confirmados. Segunda (18), foram 11. Ontem (19), foram 5. Hoje (20), foram 31. A Sesau não justificou a que se deve o aumento, mas agora a cidade possui 81 casos ativos. Há 7 dias eram 114. Sobre a taxa de ocupação, o boletim atualizado diz que 70% dos leitos de UTI para pacientes Covid-19 em Juazeiro estão ocupados, com 6 leitos disponíveis. No total, são 20 disponíveis: 10 no HRJ e 10 na Promatre. Os seis desocupados de acordo com o Programa Viva Bem, são da Promatre. Entretanto, importante ressaltar que o HRJ tinha antes, 20 leitos disponíveis, sendo que 10 foram desativados recentemente.

Compartilhar agora
X