reprodução

“O futebol é seguro, controlado, responsável e tem todas as condições de continuar”, diz secretário geral da CBF

O secretário-geral da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Walter Feldman, afirmou em uma transmissão para divulgar um relatório da CBF sobre a efetividade do protocolo de segurança e combate ao coronavírus,  que o futebol é seguro e que tem todas as condições de continuar. 

 

Na entrevista Walter afirmou que, “A aplicação do protocolo sanitário, com a convicção ainda mais forte que nós já tínhamos no ponto de vista teórico, no mês agosto, quando retomamos, mas agora com convicção da sua aplicação na prática de que o futebol é seguro, controlado, responsável e tem todas as condições de continuar”. 

 

Durante a transmissão, o infectologista e presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia, Clóvis Arns, afirmou que não houve contaminação dentro de campo nos jogos organizados pela CBF. “Retirando os atletas e árbitros que eventualmente tivessem sintomas e fazendo [teste] PCR em atletas e árbitros assintomáticos, nós conseguimos compartilhar o resultado de grande sucesso que não houve contaminação dentro de campo. Nenhum jogador foi infectado dentro das quatro linhas”, declarou. 

 

Após a reunião,  Feldman foi questionado por jornalistas sobre como a CBF pretende lidar com as partidas da Copa do Brasil em estados que estão suspendendo jogos de futebol. 

 

“Partidas da Copa do Brasil evidentemente mantidas. Se por acaso houver algum estado onde não possam ser realizadas partidas, já há uma decisão do ano anterior, acertada com as federações e os clubes, que, onde não fosse possível a realização das partidas, elas seriam realocadas para outras cidades ou estados”, finalizou ele. 

 

(Uol)

Compartilhar agora
X