“Não quero voltar a viver como antes” diz Wesley Safadão sobre pandemia

Wesley Safadão foi entrevistado pelo colunista Léo Dias, do UOL, sobre os impactos da pandemia do novo coronavírus no mercado da música.

 

Um dos artistas que mais shows fazia por mês, agora se viu na situação que faz apenas uma live no mesmo período: “Eu estava acostumado a fazer 20 shows por mês, agora faço um e não sei o que é que vou ganhar. Ninguém estava preparado para esta situação, mas sei que vou ter me adequar a este novo momento” disse Safadão.

 

Sobre como ele está pensando quando tudo isso passar, o artista foi taxativo: “não quero voltar da forma como vivia antes, em uma vida louca, sobe e desce. Não vou mentir que bate saudade das loucuras que nós vivemos, mas quero realmente poder conviver mais com as pessoas que amo, viver mais momentos com os meus amigos. Vi que a gente precisa de muito pouco para viver” completou.

 

Wesley Safadão se planeja para uma volta no mê de outubro, mas confessa que ainda é incerto: “Nós estamos planejando a volta para outubro, mas não sei se volta. Então, temos sete, oito meses sem faturamento. Como consigo manter uma empresa com todo o mundo empregado ganhando salário 100%? Não consigo. Mas não estou dormindo bem! Porque sei que, além da minha família, que é gigantesca, tem pessoas que não posso abandonar nesse momento” falou.

 

Fonte: Uol

Compartilhar agora
X