Miguel Coelho decide fechar comércio em Petrolina

Em virtude do aumento de casos do novo coronavírus nos últimos dias e uma elevação da taxa de ocupação nos hospitais em Petrolina, o prefeito Miguel Coelho definiu que o comércio na cidade ficará fechado por 15 dias a partir desta segunda-feira (13).

 

Segundo o gestor, um dos grandes motivos causadores do aumento desses números e por consequência  o novo fechamento do comércio, foi o São João: “Percebemos o crescimento de pessoas com síndromes gripais logo após o período junino. Muita gente não se guardou em casa, não se cuidou e tivemos esse aumento de notificações após aglomerações feitas de forma irresponsável” disse ele que ainda divulgou um aumento no número de casos diários. Nas últimas três semanas, se tinha média de 150 pacientes notificados e hoje, tem 250.

 

Miguel Coelho fez questão de salientar que Petrolina não colapsou, segundo ele faz parte de um planejamento: “Um dos motivos para este novo isolamento, é para que isto não aconteça. A prioridade é a vida. Vamos dar um passo pra trás, para depois dar dois pra frente”. O prefeito ainda comunicou que o hospitais da rede privada estão com 90% de sua capacidade ocupada, os da rede pública estão com 70%.

 

Neste período de fechamento de fechamento do comércio, funcionará apenas os serviços essenciais. Shopping, parques, orla, porta do Rio, serviços da prefeitura, feiras livres, estarão fechados.

Compartilhar agora
X