Miguel, Arthur, Heitor e Helena: os nomes mais registrados no Brasil em 2020

Miguel, Arthur, Heitor e Helena foram os nomes mais registrados nos cartórios do Brasil em 2020. O levantamento do portal de Transparência do Registro Civil, da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen Brasil) reuniu dados de todos os 7.660 Cartórios de Registro Civil dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal, que formaram uma base de mais de 24 milhões de registros realizados na última década.

 

O ranking de 2020 marcou o retorno dos nomes simples ao topo da lista, ultrapassando os nomes compostos, a exemplo de Enzo Gabriel, que foi bicampeão nos anos de 2018 e 2019, mas ficou de fora do top 10 neste ano. Em 2018, os nomes compostos ocupavam cinco colocações do ranking nacional, tendência que se manteve em 2019, quando apareciam nas sete primeiras posições da lista de mais escolhidos.

 

Além de ser o nome mais registrado em 2020, Miguel também foi o mais utilizado na última década no Brasil. Arthur e Davi apareceram, respectivamente, em 2º e 3º entre 2010 e 2020.

 

OS 10 NOMES FEMININOS MAIS REGISTRADOS EM 2020
Helena: 22.166
Alice: 20.118
Laura: 17.572
Valentina: 12.653
Heloísa: 12.077
Maria Clara: 10.121
Sophia: 10.044
Maria Júlia: 10.023
Maria Eduarda: 9.856
Lorena: 9.414

 

OS 10 NOMES MASCULINOS MAIS REGISTRADOS EM 2020
Miguel: 27.371
Arthur: 26.459
Heitor: 23.322
Theo: 18.674
Davi: 18.623
Gabriel: 17.096
Gael: 16.667
Bernardo: 16.558
Samuel: 14.069
João Miguel: 12.746

 

OS 10 NOMES MAIS REGISTRADOS NA DÉCADA (2010 a 2020)
Miguel: 321.644
Arthur: 287.886
Davi: 248.066
Gabriel: 223.899
Maria Eduarda: 214.250
Alice: 193.788
Heitor: 154.237
Pedro Henrique: 154.232
Laura: 153.557
Sophia: 147.579

Compartilhar agora
X