Médico petrolinense divulga fórmula de tratamento de Coronavírus e causa polêmica

Bastou o médico petrolinense, Dr. Jânio Modesto, postar em suas redes sociais que tem uma fórmula de tratamento para o novo coronavírus para que as redes sociais entrassem em alvoroço.

 

Segundo Dr. Jânio,  que é formado na Universidade Federal de Pernambuco, é clínico geral e é proprietário de uma clínica médica especializada, fez um vídeo detalhando o uso do seu tratamento: “Preste atenção galera, aí é uma fórmula que Dr. Jânio inventou pra facilitar a vida dos pacientes com coronavírus. É uma formulação minha e com uma parceira minha, numa farmácia de manipulação, que ela desenvolveu. Eu disse a ela como é que eu queria e ela desenvolveu esse blister”, disse ele que ainda informou a maneira certa de usar sua invenção e terminou a gravação ironizando: “manda aí o coronavírus pra gente!” disse ele que ainda salientou que o tratamento é realizado na sua clínica, dentro do receituário de controle especial: “E aí acabou-se coronavírus!” finalizou o vídeo.

 

Sem apresentar a comprovação de sua tese em seus vídeos, o médico convocou pacientes para atender de graça neste sábado (16): “Hoje eu vim aqui só para descasar a cabeça e organizar a clínica para a próxima semana, vê as coisas como estão aqui na clínica..vê se tá tudo certinho, organizado…e ai eu fiquei aqui no consultório sem fazer nada, se alguém quiser eu vou dar 10 consultas grátis agora, para as primeiras pessoas que chegarem aqui na clínica, comigo aí, viu. De preferência, venham as pessoas gripadas, com suspeita de coronavírus pra gente ver se resolve” convocou sem deixar claro se iria testar os medicamentos nestes pacientes.

 

Veja o vídeo:

 

Como dissemos, bastou o vídeo ir para o ar, que os comentários começaram. Alguns a favor e outros contra a invenção do petrolinense:

 

– “Mostra o estudo cientifico validado que comprova isso aí! E não sei em que hospital particular que você trabalha que tá prescrevendo cloroquina pra os pacientes. Deve ser bem ruim, porque os que eu trabalho não estão não”, alertou.

 

– Nenhum serviço que se preze está prescrevendo isso como protocolo. Quem prescreve é o médico por responsabilidade dos atos”, disse outro.

 

– “Pois é um médico mostrando, queria ver o juramento dos outros médicos que não estão administrando isso para a cura, mas permitindo que as pessoas morram. Triste. Que Deus abençoe o senhor Doutor, obrigada por nos mostrar a verdade”, disse uma internauta.

 

– “Creio que atualmente esse seja o melhor caminho para o tratamento”, escreveu outra internauta.

 

Entramos em contato com o Conselho Regional de Medicina de Pernambuco, mas até o fechamento da matéria não obtivemos sucesso no contato.

Compartilhar agora
X