MATE SUA CURIOSIDADE: Saiba quanto ganha cada medalhista olímpico no Brasil

Para além da honra de representar o país e conquistar uma medalha, os atletas olímpicos também são remunerados quando ocorre uma grande conquista nos jogos. Os brasileiros de modalidades individuais que garantirem o lugar mais alto do pódio recebem R$ 250 mil. É o caso do surfista Ítalo Ferreira, primeiro a ganhar o ouro na modalidade, que estreou na Olimpíada este ano. O prêmio pago pelo COB por uma medalha de prata, como a da skatista Rayssa Leal, é de R$ 150 mil e, por um bronze, como do judoca Daniel Cargnin, é de R$ 100 mil.

 

Em modalidades por equipes com até seis atletas, os prêmios a serem divididos são de R$ 500 mil para ouro, R$ 300 mil para prata e R$ 200 mil para bronze. Nos esportes coletivos, com mais atletas por time, as “recompensas” são de R$ 750 mil, R$ 450 mil e R$ 300 mil. Os valores foram informados pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e são bem elevados em comparação com 2016, quando os prêmios não variaram pela cor da medalha. Qualquer conquista garantia R$ 35 mil a atletas de modalidades individuais e R$ 17,5 mil a competidores de esportes coletivos.

 

Levantamento realizado pela rede de televisão norte-americana CNBC, que compilou quanto os medalhistas de 12 países recebem por subir no pódio olímpico, mostram que os valores dos prêmios pagos em Cingapura são os mais elevados. O país asiático desembolsa US$ 1 milhão (R$ 5 milhões em média) por cada ouro conquistado. Em seguida vem Cazaquistão, Malásia, Itália e Filipinas.

 

foto: Breno Barros/rededoesporte.gov.br

Compartilhar agora
X