Marinha vai instaurar inquérito para apurar acidente envolvendo jet ski e que resultou na morte de empresária no Rio São Francisco

A Marinha do Brasil, através da Capitania Fluvial de Juazeiro, vai instaurar um inquérito para apurar as circunstâncias do acidente que resultou na morte da empresária Gleyciara Andrade, neste domingo (4), nas águas do Rio São Francisco. A informação foi dada pelo capitão Luiz Felipe, comandante da Marinha em Juazeiro, que acrescentou ainda que não é o momento para especular o que houve.

 

“A respeito do acidente, a Capitania Fluvial de Juazeiro, a Marinha instaurará um inquérito para apurar as causas. Neste momento, não posso dar informações pra não ser leviano. Até porque há necessidade dessa informação”, afirmou na manhã desta segunda-feira (5) em entrevista ao programa Super Manhã, da Rádio Jornal.

 

A morte – De acordo com as informações obtidas, Gleyciara estava numa moto aquática (Jet Ski) pilotada pelo seu namorado, Rafael Firmino. O veículo acabou, por circunstâncias ainda não conhecidas, colidindo com uma pedra. A empresária caiu da moto aquática e bateu com a cabeça numa pedra, falecendo na hora. Rafael foi socorrido e levado para um hospital da cidade com ferimentos leves. O capitão da Marinha acrescentou ainda que o rio São Francisco é caracterizado pela presença de muitas pedras, que ficam submersas.

 

*com informações do blog Waldiney Passos

Compartilhar agora
X