Marido de mulher atacada por pitbull registra boletim e garante que caso não ficará impune; polícia diz que está investigando

O empresário Etelvane Barbosa, marido de Kátia Rodrigues, de 49 anos, atacada por um cachorro da raça pitbull enquanto caminhava na orla da cidade na última sexta-feira (16), registrou um Boletim de Ocorrências na Delegacia da Polícia Civil de Petrolina nesta segunda (19). A Polícia Civil informou que abriu inquérito para investigar o caso, e que mais informações não serão repassadas neste momento, para não atrapalhar o andamento das investigações.

 

Em entrevista ao G1, o empresário contou que a primeira vítima do ataque foi a cadela da família, que foi agarrada no pescoço pelo pitbull, que estava solto. Etelvane disse que começou a bater no animal com o pau, e que, nesse primeiro momento, conseguiu livrar a cachorra da família do ataque. Entretanto, a dona do pitbull teria o colocado entre as pernas, sem a coleira e sem a focinheira. Foi nesse momento que, ao avistar a esposa de Etelvane pegando a cadela da família no colo, o pitbull avançou novamente, mordendo, dessa vez, Kátia, no couro cabeludo. Etelvane disse ainda que foi ele quem colocou a coleira no pitbull, a pedido da dona do animal.

 

A mulher foi socorrida por algumas pessoas que passavam pela orla no momento do ataque. Atendida em um hospital particular da cidade, Kátia precisou passar por uma cirurgia, com enxerto de pele, para reconstruir o local ferido. Ela já teve alta e está se recuperando em casa. Seu estado de saúde é estável. A cachorrinha da família foi levada para uma clínica veterinária que fica logo em frente ao local, e não corre risco de morte. Etelvane garantiu, em entrevista ao G1, que o caso “não ficará impune”.

 

*com informações do G1

foto: reprodução/arquivo da família

Compartilhar agora
X