Mãe pede ajuda para encontrar sua bebê que ela diz ter sido trocada na maternidade, em Petrolina

Em um vídeo publicado nas redes sociais, Patrícia Schaller fez um apelo emocionante. Ela está em busca de sua filha, que ela acredita ter sido trocada na maternidade. Segundo ela, sua gravidez foi bastante tranquila. Os exames realizados ao longo da gravidez apontavam o nascimento de uma menina, que se chamaria Lisiane, e que, segundo Patrícia, nasceria saudável, conforme apontavam os exames.

 

Entretanto, a mãe contou que após dar entrada no Hospital Materno Infantil de Juazeiro-BA, foi transferida, na madrugada do dia 27 daquele mês, para o Hospital Dom Malan, em Petrolina-PE. Segundo a mesma, sua mãe foi impedida de entrar na sala de parto e acompanhar a cesariana. Patrícia acredita que sua filha foi levada para uma outra sala após nascer, já que os médicos a apresentaram um menino.

 

A mãe disse que o menino apresentado pelos médicos no dia do parto aparentava problema sérios de má formação visíveis, fato que nunca constou nos exames de pré-natal realizados ao longo da gravidez. Patrícia contou que viu a criança apenas por alguns instantes e que, somente por volta das 10h da manhã, a família recebeu notícias do bebê, que havia falecido.

 

Diante da situação e da incerteza, Patrícia pede atenção das autoridades, especialmente do Ministério Público de Pernambuco, para que acompanhe o caso. Ela pede a realização de um exame de DNA para comprovar se a criança que faleceu era mesmo seu filho ou não.

Compartilhar agora
X