reprodução

LAMENTÁVEL: Médico é agredido após alertar pessoas sobre riscos da Covid-19

O médico infectologista, José Eduardo Mainart Panini, que trabalha no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da USP, relatou, nas suas redes sociais, que foi agredido após alertar pessoas sobre os riscos da Covid-19. Na publicação, feita nesta segunda-feira (01), ele aparece com um olho roxo e um ferimento na boca, que teriam sido resultados de golpes que sofreu após alertar um grupo de “pessoas conhecidas”. 

 

O caso ocorreu na última sexta-feira (26), no município de Toledo, no Paraná. No post, José afirma que  “Ao alertar os riscos a pessoas conhecidas, a resposta que me foi dada foram chutes e socos… enquanto um me segurava o outro me agredia”. Até o momento, não foi divulgado quem são os responsáveis pela agressão e ainda não há informações sobre o registro de boletim de ocorrência.

 

Em nota, o Conselho Municipal de Saúde de Toledo repudiou a agressão sofrida pelo médico e pediu que os autores sejam identificados e punidos. “Salientamos que o conselho repudia qualquer ato de violência e se tratando do atual momento de pandemia, a qual servidores atuam incansavelmente para salvar vidas aqui em Toledo, assim como no mundo todo, atos desse tipo apontam total desrespeito com o próximo e só trazem prejuízos a todos que estão na luta para que isto um dia vire apenas história.”

 

Compartilhar agora
X