Junior Gás consegue liminar para voltar à Câmara de Vereadores de Petrolina, após ter mandato cassado

Após semanas afastado, Júnior Gás (Avante) vai voltar à Câmara de Vereadores de Petrolina. É que ele conseguiu liminar do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Recife nesta terça-feira (14), e com isso, irá se defender do processo eleitoral no exercício do seu mandato parlamentar.

 

De acordo com o presidente da Casa Plínio Amorim, Aero Cruz (MDB), o legislativo ainda não tomou conhecimento oficial da decisão da justiça, por isso o parlamentar municipal não retornou às atividades na sessão ordinária desta terça.

 

A justiça havia determinado a cassação do vereador após reconhecer a ocorrência de fraude no Demonstrativo de Regularidades de Atos Partidários (DRAP) apresentado pelo partido Avante nas eleições de 2020. O partido do parlamentar teria descumprido a cota de gênero no processo de registro de candidaturas, com candidatos fictícios, segundo o TRE-PE.

Compartilhar agora
X