Juazeiro também irá proibir fogueiras e fogos de artifício durante pandemia

Assim como em Petrolina e em boa parte dos municípios do nordeste, a Prefeitura de Juazeiro proíbe a queima de fogos e o tradicional acendimento de fogueiras, tão comuns especialmente no período junino, como forma preventiva e para proteger a população das doenças respiratórias que costumam lotar os hospitais nessa época do ano em decorrência dos males causados pela fumaça, além das queimaduras.

 

A secretária da Saúde de Juazeiro Fabíola Ribeiro alerta que em plena luta contra a pandemia do novo coronavírus os leitos hospitalares já estão tendo uma grande demanda dos pacientes que buscam tratamento da COVID-19, SRAG e H1N1. “Por isso essa medida se faz muito necessária, pois assim evitamos que mais pessoas busquem atendimento para tratar de problemas do sistema respiratório os quais podem ser evitados. Sabemos que é uma tradição cultural não só de Juazeiro como de todo o Nordeste, mas estamos vivendo uma situação delicada na saúde e todas as precauções fazem uma grande diferença”.

 

O decreto municipal que proíbe fogueiras e queima de fogos de artifícios também determina que a fiscalização será efetuada através da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano/SEMAURB e Guarda Civil Municipal. “As equipes do departamento de Ordenamento Urbano, em parceria com a Guarda Municipal, farão rondas preventivas nos dias que remetem às festividades pelas principais ruas, bairros e núcleos urbanos da zona rural para evitar infrações. Estamos viabilizando um cronograma de fiscalização que assegure as determinações do decreto e a saúde da população”, destaca o secretário, Gilson Araújo.

Compartilhar agora
X