Juazeirense perde para o Santos no jogo de ida da Copa do Brasil

A Juazeirense entrou em campo, nesta quarta-feira (28), disposta a continuar fazendo história e manter viva a possibilidade de chegar em Juazeiro, na quinta-feira, dia 5, dia da partida de volta contra o Santos, com condições de avançar de fase na Copa do Brasil.

 

O primeiro tempo começou como esperado, com pressão do Santos, mas foi da juazeirense a primeira grande oportunidade do jogo, com Timbó perdendo, aos 10 minutos, uma chance de gol clara após falha do sistema defensivo do time da casa.

 

O Santos pressionou a Juazeirense durante todo o primeiro tempo e exigiu muito da zaga do Cancão, principalmente do goleiro Calaça, que fez pelo menos três grandes defesas para deixar o placar no zero na primeira etapa.

 

O segundo tempo começou com mais pressão do Santos e a Juazeirense usando a mesma fórmula da etapa inicial: fechar os espaços defensivos, marcando forte e buscando os contra-ataques explorando a velocidade de Kesley, que teve uma grande chance aos 14 minutos e perdeu.

 

Aos 27 minutos saiu o gol do Santos. Uma bola cruzada na área encontrou Madson livre e ele cabeceou no canto, vencendo Calaça para inaugurar o placar.

 

A Juazeirense sentiu, pesou o cansaço da viagem e o Santos aproveitou para marcar com Lucas Braga, 39 minutos, e nos acréscimos Marcos Leonardo e Carlos Sanches deram números finais ao jogo: 4 x 0.

 

A Juazeirense retorna a Juazeiro nesta madrugada e já tem compromisso no sábado (31) contra o Sergipe, em Juazeiro, pelo  Campeonato Brasileiro da Série D.

 

 

SANTOS: João Paulo, Madson, Luiz Felipe, Kaiky e Felipe Jonatan; Jean Mota, Carlos Sánchez e Gabriel Pirani (Bruno Marques); Marinho (Marcos Leonardo), Marcos Guilherme e Lucas Braga. Técnico: Fernando Diniz.

Juazeirense: Rodrigo Calaça; Guilherme Lucena (Carlinhos), Jemerson, Wendell e Daniel; Waguinho, Patrick, Sapé e Junior Timbó (Ian Augusto); Toni (Waldir) e Kesley (Nino Guerreiro) Técnico: Carlos Rabello,

Gols: Bruno Marques, aos 24 do segundo tempo; Lucas Braga, aos 39 e Marco Leonardo, aos 46; Sanches aos 54 minutos.

Arbitro: Wagner Nascimento Magalhães (FIFA/RJ

Amarelo: Daniel, Toni Galego (Juazeirense); Marinho, Jean Mota (Santos)

Compartilhar agora
X