Juazeirense joga bem, perde muitos gols e empata com Bahia na estreia do Baianão

A Juazeirense entrou em campo pela primeira vez no Baianão 2020. Diante do Bahia, no Estádio Adauto Moraes, o Cancão de Fogo fez sua estreia e mostrou que vai brigar pelo título da competição.

 

Comandado pelo técnico Vladimir de Jesus, a Juazeirense foi a campo com Roger Kath, Alex Travassos, Kanu, Jr Gaúcho e Wendell; Waguinho, Jhonata, Clebson; Elcarlos, Jeam e Nino.

 

Mostrando uma boa movimentação e criando muitas chances de gol, inclusive logo no primeiro minuto de jogo, a Juazeirense empatou em 1 a 1, mas o resultado poderia ser a vitória do time de Juazeiro.

 

O gol do Cancão foi marcado por Jhonata no começo do segundo tempo, logo aos 02 minutos, após aproveitar um bate-rebate na área do Bahia. Poucos minutos depois, o árbitro da partida viu um pênalti duvidoso e a equipe da capital empatou a partida.

 

Mesmo levando o gol de empate, o Cancão continuou em cima, criando boas chances, mas, mesmo a bola não querendo entrar, a equipe do técnico Vladimir de Jesus fez uma boa estreia.

 

Um dos destaque do jogo, o atacante Elcarlos deixou sua impressão da partida: “A partida foi muito difícil, esperávamos ele trabalhando bem a bola. Mesmo sendo uma equipe sub-23, mas estão bem entrosados, jogam a algum tempo juntos, mas, tentamos impor nosso ritmo e faltou só o gol. A jogada aconteceu, mas não conseguimos colocar pra dentro. Vamos trabalhar para tentar corrigir isso” disse o camisa 7.

 

Na segunda rodada, a Juazeirense enfrenta o Jacobina, em Salvador, neste sábado, dia 25.

X