Ivete Sangalo critica armamento e fãs reagem: “Finalmente começou a sair de cima do muro”

“Finalmente começou a sair de cima do muro”. Foi assim que um fã descreveu uma atitude da cantora juazeirense Ivete Sangalo, que numa live realizada no Instagram na noite desta terça-feira (2), surpreendeu os seguidores ao expor sua opinião sobre assuntos de cunho político, como o uso de armas de fogo. “Se arma fosse bom, a gente acabava com esse vírus”, disse se referindo ao novo coronavírus.

 

Na live, além de conversar com seus seguidores, cantou seus sucessos e de outros artistas. Uma das canções do repertório improvisado foi “Muito Obrigado Axé”, sugerida pelo prefeito de Salvador, ACM Neto, música que traz em sua letra mensagens como “jogar as armas para lá” e “fazer a festa”. Foi nesse momento que Ivete deu a declaração.

 

“Pra quê arma, minha gente? Se arma fosse bom mesmo a gente pegava e acabava esse vírus na base da bala! Mas o que a acaba o vírus é a ciência e a medicina, educação e estudo” disse a juazeirense, fazendo referência ao novo coronavírus.

 

 

A declaração repercutiu. Muitos viram o desabafo como uma indireta para o presidente Jair Bolsonaro, que é a favor do armamento da população. No Twitter teve quem apoiou e quem fez críticas à cantora.

 

“Demorou para falar alguma coisa sobre esse assunto, ainda bem que não defendeu o Bozo”, escreveu um. “Finalmente começou a sair de cima do muro”, disse outra. “Q pena q ela nao dizia essas coisas nas eleiçoes de 2018….”, ironizou um terceiro. “Sem armas ficamos à mercê do Estado e bandidos. Não temos segurança particular. A ciência não traz VERDADES absolutas e requer tempo para chegar a conclusões, além de representar interesses. A sabedoria e senso comum em certos momentos tem peso importante. A vida não é só Covid-19”, criticou outro internauta.

 

Você concorda com Ivete?

Compartilhar agora
X